De todo o lixo produzido no Brasil apenas 3% é reciclado

Notíciais-São-Lourenço-Ambiental-Coleta-Seletiva
13% dos Brasileiros Somente Têm Acesso à Coleta Seletiva
10 setembro, 2015
Notíciais-São-Lourenço-Ambiental-1
Pescadores Retiram do Rio Tietê 600 Metros Cúbicos de Lixo
11 setembro, 2015
Mostrar todos
Notíciais-São-Lourenço-Ambiental

30% do lixo produzido no Brasil poderia ser reaproveitado.

Número de municípios que implantaram programas de reciclagem aumentou

No final do ano passado entrou em vigor o Plano Nacional de Resíduos Sólidos como uma forma de incentivar a reciclagem de todo tipo de lixo. O de casa, das ruas, da indústria e do comércio, mas oito em cada dez municípios brasileiros ainda não tem programa de coleta seletiva e os que têm, poderiam reciclar muito mais do que fazem hoje.

Desde domingo (5) supermercados de São Paulo só podem usar sacolinhas feitas de matéria-prima renovável, menos prejudicial ao meio ambiente.
Os brasileiros jogam fora 76 milhões de toneladas de lixo – 30% poderiam ser reaproveitados, mas só 3% vão para a reciclagem.

Em dez anos, o número de municípios que implantaram programas de reciclagem aumentou de 81 para mais de 900. Mas isso não representa nem 20% das cidades.

Curitiba é a capital com melhor programa de reciclagem. Das mais de 1,5 mil toneladas diárias, cento e dez têm potencial pra reciclagem e quase 70% são reaproveitadas.

Mas a reciclagem no Brasil ainda está engatinhando. Veja a situação nas três maiores capitais:

Em São Paulo, 12,5 mil toneladas de lixo domiciliar são recolhidas todos os dias – 35% são materiais que poderiam ser reciclados, mas só 3% são reaproveitados.

A prefeitura do Rio de Janeiro informou que recolhe cerca de dez mil toneladas de lixo por dia, mas não informou quanto é reciclado. A capital mineira, Belo Horizonte, recolhe 1,8 mil toneladas. Podia reciclar o dobro do que reaproveita.

Quem trabalha em programas de reciclagem diz que falta uma integração maior entre o cidadão, as empresas e o poder público, e um programa que atenda a todos os tipos de lixo.

“Estou falando de outros resíduos que estão na sua casa e não vão ser reciclados: lâmpada fluorescente, medicamentos, parcela de resíduos que não estou falando que é reciclável, mas precisa ter destino adequado senão vai trazer impacto em questão ambiental e saúde”, diz Roseane Souza, da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *